5 de março de 2008

meia noite
lua inteira
candeia


Juliana Meira

4 comentários:

Dana disse...

Em 5 palavras, algo lindo! Parabéns!

* Renata * disse...

"O poema é feito de palavras necessárias e insubstituíveis." (Octavio Paz).
Amiga, a única definição para o teu blog é: irretocável! Perfeito como tudo que você se dispõe a fazer. As imagens estão divinas e os poemas...... Ah... nesse tempoema, tem poema.... e se tem!!
Continue postando! Parabéns
Bjs :)

Renato de Mattos Motta disse...

Bonito como lua cheia no meio da noite!

Parabéns!

Juliana Meira disse...

Dana
Renata
Renato

feliz feliz em contar com a leitura de vocês!
(=

5 de março de 2008

meia noite
lua inteira
candeia


Juliana Meira

4 comentários:

Dana disse...

Em 5 palavras, algo lindo! Parabéns!

* Renata * disse...

"O poema é feito de palavras necessárias e insubstituíveis." (Octavio Paz).
Amiga, a única definição para o teu blog é: irretocável! Perfeito como tudo que você se dispõe a fazer. As imagens estão divinas e os poemas...... Ah... nesse tempoema, tem poema.... e se tem!!
Continue postando! Parabéns
Bjs :)

Renato de Mattos Motta disse...

Bonito como lua cheia no meio da noite!

Parabéns!

Juliana Meira disse...

Dana
Renata
Renato

feliz feliz em contar com a leitura de vocês!
(=