21 de maio de 2008

o canto
da sala
cujo pó guarnece
vê o sol que desce
da vidraça entreaberta
desabitado ouve
a passarada o jornaleiro
o cachorro a piazada
exposto à poeira
da vida que é lá fora
na calçada
pena que o vento lhe condena
à luz míngua sorrateira
vexado ouve a gente toda
barulhenta
o canto
cala


Juliana Meira
Fotografia de Ana Franco

7 comentários:

Renato de Mattos Motta disse...

Ah, que encanto
este teu canto
que canta,
da sala,
o canto!

Juliana Meira disse...

Renato!
pois esse canto estava mesmo calado dentro da gaveta
(=
grande abraço!

Adauto A. S. Suannes disse...

Lindo poema, Juliana, com um ritmo bárbaro. Enquanto leio eu canto, desejo imenso de abraçá-la. Adauto Suannes

Jaqueline disse...

Que bonito Juliana!
Teu blog está cada dia mais lindo!
Bjo

Juliana Meira disse...

poeta Adauto
é uma alegria contar com tua presença..com a leitura do poema!
(=

..

Jaqueline
obrigada, obrigada!
é sempre bem-vinda no "tempoema"..
beijo

Aroeira disse...

muiiiiito legal!

Juliana Meira disse...

muiiiiito obrigada Aroeira!

21 de maio de 2008

o canto
da sala
cujo pó guarnece
vê o sol que desce
da vidraça entreaberta
desabitado ouve
a passarada o jornaleiro
o cachorro a piazada
exposto à poeira
da vida que é lá fora
na calçada
pena que o vento lhe condena
à luz míngua sorrateira
vexado ouve a gente toda
barulhenta
o canto
cala


Juliana Meira
Fotografia de Ana Franco

7 comentários:

Renato de Mattos Motta disse...

Ah, que encanto
este teu canto
que canta,
da sala,
o canto!

Juliana Meira disse...

Renato!
pois esse canto estava mesmo calado dentro da gaveta
(=
grande abraço!

Adauto A. S. Suannes disse...

Lindo poema, Juliana, com um ritmo bárbaro. Enquanto leio eu canto, desejo imenso de abraçá-la. Adauto Suannes

Jaqueline disse...

Que bonito Juliana!
Teu blog está cada dia mais lindo!
Bjo

Juliana Meira disse...

poeta Adauto
é uma alegria contar com tua presença..com a leitura do poema!
(=

..

Jaqueline
obrigada, obrigada!
é sempre bem-vinda no "tempoema"..
beijo

Aroeira disse...

muiiiiito legal!

Juliana Meira disse...

muiiiiito obrigada Aroeira!